Luisa Marilac vira assunto entre celebridades transfóbicas, confira toda a história

Luisa Marilac, que dispensa apresentações, esta semana esteve de volta aos tranding topics por conta de comentários transfóbicos do já rodado no assunto Nego do Borel e, agora, a wannabe de apresentadora Mamma Bruschetta.

 

Entendendo o caso

Nego do Borel recebeu um elogio de Marilac no Twitter: “você é um homem muito bonito, deve pegar muitas gatas”, Borel respondeu com transfobia: “você também é um homem bonito, deve pegar muitas gatas”. A confusão estava instaurada nas redes, especialmente porque Nego do Borel é recorrente em preconceito e usar o filão LGBTI para se promover em seu sofrido trabalho artístico.

Neste domingo, Nego do Borel publicou vídeos em que pede desculpas pelo que disse. “Eu venho de uma comunidade que a gente brinca com as pessoas e muitas vezes as pessoas não entendem nossas brincadeiras, nossa brincadeira é um pouco grossa. E às vezes a gente machuca as pessoas sem querer machucar, ele. Às vezes, eu machuco as pessoas sem querer e perco total a noção, chego brinco, ‘zoo’ e não tenho noção. Mas não é do meu coração porque eu seja homofóbico, transfóbico, nada disso”, termina.

Como se não bastasse, no programa de TV “Fofocalizando”, Mamma Bruschetta defendeu o cantor e disse que Luisa Marilac era realmente “um homem”: “A gente está falando a verdade, porque, afinal de contas, Luisa Marilac é homem também”.

Imediatamente, Gabriel Cartolano interrompeu e disparou: “Mamma, ela batalhou a vida inteira para ter essa imagem, para construir essa imagem, hoje em dia ela é feliz, se sente bem, aí vem uma pessoa e fala ‘você é homem’, ela não se sente bem quando uma pessoa fala isso para ela”.

Luisa Marilac não gostou do comentário de Mamma e chegou a ameaça-la de processo: “Ah, é um homem? Você vai ter que falar isso para o meu advogado, Mamma Bruschetta! Hoje eu sou mulher documentada! Eu vou lhe processar! É uma bobagem, e você vai tomar um processo”.

Mamma usou o espaço do programa do SBT para se pronunciar sobre o caso: “Por absoluta ignorância minha, eu não sabia que Luisa Marilac tinha se tornado uma mulher, oficialmente, pelos documentos, e cometi a indelicadeza de chamá-la de homem. Então eu peço desculpas a quem ficou ofendido”, disse a apresentadora, que concluiu: “E preste atenção: Mamma Bruschetta jamais poderá ser transfóbica. Está aqui. Jamais fui e serei transfóbica. Um beijo”.

 

Desculpe, Mamma, que de mamma não tem nada, você foi sim transfóbica tanto quanto Nego do Borel, por trabalhar em TV, deveria conhecer Luisa Marilac e sua história, ou pelo menos ter pesquisado antes de se pronunciar sobre o caso de Borel e Marilac, que sim, é mulher, tem documento de mulher e é uma de nossas divas. Respeite as mulheres trans!