Meninos Também Amam emociona público e choca com a beleza da poesia

Meninos Também Amam emociona público e choca com a beleza da poesia

Be first to like this.

Meninos Também Amam emociona. Não apenas pelas cenas de violência contra LGBTs que são exibidas em segundo plano, mas também pela poesia que permeia o diálogo dos atores com o público. Totalmente despidos, literalmente, os corpos dos atores falam o texto através da voz, dos olhos, dos pelos, das mãos, dos paus e dos cus expostos como confronto à toda intolerância que ignorância que os corpo LGBT precisa passar para sobreviver.

Falamos com o diretor e ator Rafael Guerche sobre a concepção do espetáculo e seu olhar sobre a importância de falar e lutar contra a violência do corpo LGBTI:

Related Stories

Marshmallow Festival reúne grandes artistas da atualidade no mais novo megaevento LGBTQIA+
“Retorno de Saturno” aborda a vida adulta de LGBTs, assista trailer
Musical "Naked Boys Singing!" segue temporada no Rio de Janeiro
Estudo de vacina preventiva ao HIV busca voluntários no Brasil
Quantcast