Vai fazer seu primeiro cruzeiro gay? Confira 7 dicas importantes

This post is also available in: English Español Русский ไทย

Em 2013, embarquei no meu primeiro cruzeiro gay com a Atlantis Events, tímido mas curioso sobre o que estava por vir. Um conhecido meu me convenceu a ir e ele seria meu companheiro de quarto. Ele disse que eu ia ter o melhor momento da minha vida.

Eu sabia que na época gostava de viajar, e no itinerário incluía uma viagem às Ilhas Gregas e Santorini, ilhas que são uma festa para os olhos e alma. Eu pensei comigo mesmo – se eu não gostasse da ideia de estar dentro de um cruzeiro, pelo menos eu iria viajar, ver novos lugares e passar um tempo conhecendo melhor meu colega de quarto.

first gay cruise

Algumas semanas antes do embarque, meu colega decidiu desistir no último minuto. Este foi o meu pior pesadelo – fazer meu primeiro cruzeiro gay sozinho e não conhecer ninguém de antemão. Meu pensamento imediato era o mesmo de qualquer novato: que eu seria jogado em um mundo de estranhos deixado para me defender sozinho e potencialmente passar minhas férias inteiras sozinho! Fiquei com medo e não tinha certeza do que estava por vir, não tendo nenhuma experiência em um ambiente cheio de caras que você acha que são mais bonitos do que você.

Bem, eu decidi ir no cruzeiro de qualquer maneira – e foram os melhores 10 dias da minha vida. Conheci as pessoas mais incríveis que estavam abertas a isso, acolhendo e querendo garantir que eu me divertisse muito. O mais importante deles foi o meu colega de quarto.

first gay cruise

No final, eu percebi a alegria atrai alegria – se eu estou me divertindo muito, então as pessoas ao meu redor estão se divertindo muito, e se as pessoas ao meu redor estão se divertindo muito, então eu vou também me divertir. É o círculo da vida!

Desde o primeiro cruzeiro gay, eu fui a mais outras oito vezes. Mas se você está se sentindo tímido na sua primeira viagem, e mesmo assim quer arriscar, confira aqui sete dicas que ajudarão a aliviar esses nervos:

7 dicas para curtir seu primeiro cruzeiro gay

first gay cruise

1. Fantasias podem ser divertidas, mas não são tudo.

Os cruzeiros geralmente oferecem festas a fantasia. Mas não se deixe intimidar e não seja tímido. Só porque você não está preparado com uma fantasia não significa que você não é bem-vindo. Apenas junte-se à diversão e dance na festa. Em um cruzeiro, todos te recebem de braços abertos – então aceite esse convite!

2. Sem internet você terá que conhecer pessoas à moda antiga

OK, você pode comprar internet no cruzeiro. Mas geralmente a maioria das pessoas não. Basta dizer oi no barco, no elevador, na sala de jantar ou no bar. Ou peça ao seu colega de quarto para ser um companheiro de diversão durante a noite! Você não vai se arrepender. E talvez você possa levar essa habilidade para a vida fora do barco!

first gay cruise

3. Deixe sua atitude em terra e traga a mente aberta para o mar.

O mais acolhedor de um cruzeiro é que você descobrirá que as pessoas deixaram suas atitudes para trás e querem apenas se divertir. Então você deveria também! Se você ficar de cara fechada ou não for receptivo, ninguém iria querer falar com você! Então, verifique sua atitude antes e prepare-se para conhecer 2.000 estranhos!

4. Irradie positividade.

Você tem que se esforçar muito para não se divertir em um cruzeiro. Se esse é realmente o caso, então você está fazendo algo errado. Se você está preso em um sentimento ruim de alguma forma, isso será tudo o que as pessoas ao seu redor verão, e essa energia negativa irá segui-lo. Em vez disso, ouça uma música alegre e irradie positividade; você encontrará um bando de amigos logo depois!

first gay cruise
Foto: cortesia da Atlantis Cruises

5. Diga olá com um sorriso.

Todas essas dicas são destinadas a fazer com que você seja o seu melhor e mais feliz, e um simples sorriso e um olá farão você percorrer longo caminho. Estar em um cruzeiro gay não significa que você está procurando por uma conexão romântica – na verdade, muitos frequentadores de cruzeiros já estão juntos! Essas pessoas estão apenas procurando umas boas férias por uma semana ou mais. Você pode encontrar todo tipo de pessoa – um novo mentor, um parceiro de negócios, um companheiro de viagem ou um parceiro de atividades esportivas, e tudo começa com um simples alô.

6. Tem pra todo mundo em um cruzeiro gay.

Muitas vezes ouvi amigos me dizendo que um cruzeiro não é para eles. Eles não sabem o que um cruzeiro implica até que eles tenham tentado – há muita coisa, incluindo bons restaurantes, shows, viagens, compras, jogos – você escolhe, eles têm. Então não pense que você vai ficar preso em um barco sem nada para fazer. Um navio de cruzeiro não é como um navio de viagens – é semelhante a uma cidade inteira no mar!

first gay cruise

7. Gaste seu tempo como você gosta.

Um cruzeiro tem tudo e você não precisa fazer o que o programa de cruzeiro lhe diz. Se você sentir vontade de relaxar no seu quarto para ler um livro, faça isso. Se você quiser estar à beira da piscina ou no spa – vá para lá. Não há ninguém dizendo que você precisa ir a uma festa ou a um evento, a menos que queira. Sentindo-se cansado? Vá dormir!

Eu acho que você entendeu a mensagem aqui. Você tem a liberdade de fazer o que quiser. Se você fizer um cruzeiro pensando que não vai se divertir muito, é possível que você crie sua própria realidade. Mas uma vez que você se abre para a ideia de conhecer pessoas divertidas e receber novas pessoas em sua vida, você acaba de abrir seu mundo para uma série de novas possibilidades.

first gay cruise
O autor (horizontal) sendo recebido em seu primeiro cruzeiro gay por seu companheiro de quarto e amigos.

Este artigo sobre o seu primeiro cruzeiro gay é uma contribuição como parte do programa de embaixadores de cidades do Hornet. Os Embaixadores de Cidades são usuários do Hornet em todo o mundo que estão interessados em fornecer informações e insights sobre lugares, eventos e viagens para outros usuários do Hornet. Se você tem orgulho da sua cidade (ou de várias cidades), torne-se um embaixador clicando aqui!